Industria 5.0

Industria 5.0

Não se trata apenas de tecnologia, mas sim do trabalho em conjunto entre robôs e humano, tal indústria busca adicionar o toque humano às inovações, automação e eficiência, que já vêm sendo realizadas pela indústria 4.0.


Quando Surgiu a Industria 5.0:


Podemos apontar alguns sinais como os principais, como a consolidação das redes 5G, a evolução da computação em nuvem (em especial o edge compunting), o avanço tecnológico operacional em várias frentes (principalmente as que permitem os dispositivos de IoT tenham capacidade computacional e de processamento sem depender tanto da nuvem).


Entretanto, talvez o verdadeiro marco para o surgimento da Industria 5.0 tenha sido o seguinte:

Tecnologia não funciona sozinha, claro, que existe a automação, mas tudo isso depende de operadores (mesmo que em mínima quantidade), programadores e pessoal da manutenção. Para muitas dessas tarefas não existe a possibilidade de automação.


A Industria 5.0, vem com o principal objetivo, criar valor para além dos resultados financeiros. Trata-se de sustentabilidade, qualidade de vida e transformar a Industria em um vetor para esses objetivos.


A indústria 5.0 busca colocar as pessoas no centro dos processos, melhorando os seguintes aspectos da vida:

· Inclusão

· Sustentabilidade

· Qualidade de Vida



Quais são as características da Industria 5.0?

· Seu potencial de otimizar a eficiência humana e a possibilidades de promover a hiper-costumização nos processos fabris, são as principais características da Industria 5.0.

· Empoderamento da Interconexão. A colaboração Homem e a máquina é uma das formas de gerar valor na Industria 5.0, robôs industriais (como os cobots, que explicaremos a seguir) serão um componente crítico nessa jornada.

A alta capacidade de customização da Industria 5.0 só será possível por conta da utilização desses robôs avançados, que podem fechar o gap de design atual.

· O suporte cognitivo: Na realidade a inteligência Humana que será palco da Industria 5.0, colocando-se a frente dos processos. A habilidade de tomar decisões, personalizar e customizar os produtos será a motor para capacitar os processos automatizados.


Principais tecnologias utilizadas na Industria 5.0:

· Biotecnologia;

· Dark Analytics;

· Nanotecnologia;

· Edge Computing;

· Machine Learning;

· Manufatura aditiva;

· Robótica avançada;

· Business Intelligence;

· Computação quântica;

· IOT – Internet of Things;

· IA – Inteligência Artificial;

· Cobots – Robôs colaborativos;


Se interessou pelo assunto e quer saber um pouco mais de como a nossa equipe aplica em nossas soluções conceitos e tecnologias da indústria 5.0?

Entre em contato com nossos especialistas e fique por dentro de tudo isso!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo